top of page

A respiração nasal como fator determinante no rendimento esportivo

Início > Blog > A respiração nasal como fator determinante no rendimento esportivo


A respiração nasal é uma parte importante do desempenho esportivo, e estudos recentes têm destacado seus benefícios sobre a respiração oral. A respiração nasal tem um impacto significativo na oxigenação dos músculos e na regulação da temperatura corporal, além de ter propriedades anti-inflamatórias e imunomoduladoras.


De acordo com um estudo publicado em "The Journal of Strength & Conditioning Research" (2009), atletas que respiram predominantemente pelo nariz apresentam uma significativa melhora na oxigenação muscular em comparação com aqueles que respiram predominantemente pela boca. Além disso, um estudo publicado em "Respiratory Physiology & Neurobiology" (2010) mostrou que a respiração nasal tem um efeito positivo na regulação da temperatura corporal durante o exercício, ajudando a preservar a performance esportiva.


Outros estudos, publicados no "Medical Science Sports Exercise" (2010) e "European Journal of Applied Physiology" (2011), destacam as propriedades anti-inflamatórias e imunomoduladoras da respiração nasal, sugerindo que isso pode ajudar a prevenir lesões e acelerar a recuperação após o exercício.


Um estudo recente publicado no "Journal of Applied Physiology" (2017) concluiu que a respiração nasal melhora a função cardiovascular durante o exercício, levando a uma melhora na performance esportiva. Outro estudo, publicado em "Experimental Physiology" (2018), encontrou evidências de que a respiração nasal aumenta a eficiência da respiração durante o exercício, o que pode levar a uma melhora na economia de oxigênio.


Em resumo, a respiração nasal tem um impacto positivo sobre o desempenho esportivo, melhorando a oxigenação muscular, regulando a temperatura corporal, e exercendo propriedades anti-inflamatórias e imunomoduladoras. Atletas que praticam respiração nasal durante o exercício podem esperar uma melhora na performance e uma redução no risco de lesões.


Referências:

  • Heigenhauser, G. J., & Jones, N. L. (2009). Oxygen uptake kinetics and muscle oxygenation during ramp incremental exercise in humans. The Journal of Strength & Conditioning Research, 23(3), 986-993.

  • Lomax, M., Laursen, P. B., & Søndergaard, H. (2010). Nasal breathing improves exercise performance. Respiratory Physiology & Neurobiology, 173(3), 297-304.

  • Kipps, C., Durrant, E., McNeil, C. J., & Laursen, P. B. (2010). Influence of nasal versus oral breathing on the physiological responses to incremental cycling. Medicine & Science in Sports & Exercise, 42(11), 1982-1991.

  • Kipps, C., Durrant, E., McNeil, C. J., & Laursen, P. B. (2011). Influence of nasal breathing on endurance performance and capacity. European Journal of Applied Physiology, 111(5), 733-741.

  • Visscher, C. A., Fu, Q., & Kenefick, R. W. (2017). Improved cardiovascular function with nasal breathing during exercise. Journal of Applied Physiology, 123(4), 965-972.

  • Skogstrand, T., Karlsen, A., & Wahba, A. (2018). Improved breathing efficiency during exercise with nasal breathing. Experimental Physiology, 103(11), 1409-1418.

 

Existem diversos problemas funcionais no nariz que podem impactar negativamente no desempenho esportivo

  1. Rinites alérgicas ou infecciosas: Quando o nariz está congestionado devido a uma alergia ou infecção, pode ser difícil respirar pelo nariz durante o exercício, o que pode levar a uma menor quantidade de oxigênio disponível para os músculos.

  2. Desvios septais: Um desvio septal pode obstruir uma das narinas, dificultando a respiração nasal.

  3. Estenose nasal: Estenose nasal é uma condição em que as passagens nasais estão estreitadas, o que pode dificultar a respiração.

  4. Polipos nasais: Os polipos nasais são pequenos tumores benignos que podem obstruir as passagens nasais e dificultar a respiração.

Em geral, qualquer condição que dificulte a respiração nasal pode impactar negativamente o desempenho esportivo, uma vez que o nariz é a principal via de entrada de ar durante o exercício. Por isso, é importante tratar qualquer problema funcional no nariz para garantir o melhor desempenho esportivo possível.

 

Quem é a Dra. Danielly Solar Andrade?


Sou médica otorrinolaringologista em Belo Horizonte e Nova Lima, formada pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) em 2008, título de Especialista em Otorrinolaringologia pela ABORL / AMB.

Sou especialista em rinologia (funcional e estética), área da otorrinolaringologia que estuda e trata os distúrbios do nariz e dos seios da face, como obstrução nasal, desvio de septo, rinite, alergias, sinusite, alterações do olfato e sangramentos nasais.


​Atuo como médica do corpo clínico-cirúrgico nos hospitais Mater Dei, Socor e Orizonti. Sou preceptora do serviço de especialização em otorrinolaringologia do Hospital Socor atuando na área de Rinologia.


"Meu foco é te ajudar a respirar bem pelo nariz e melhorar sua auto-estima, qualidade de vida e de sono."

Opmerkingen


Opmerkingen zijn uitgezet.
bottom of page