top of page

Quais os riscos de uma Sinusectomia? Entenda os possíveis efeitos colaterais e complicações

Início > Blog > Quais os riscos de uma Sinusectomia? Entenda os possíveis efeitos colaterais e complicações


Os riscos de uma sinusectomia incluem infecção, sangramento, reação adversa à anestesia, lesão no olho ou nervo óptico, vazamento de líquido cefalorraquidiano e recorrência da doença sinusal. Além disso, pode haver complicações relacionadas à cicatrização e formação de aderências no local da cirurgia. É importante discutir esses riscos com o médico antes de se submeter ao procedimento, para que você possa tomar uma decisão informada sobre o tratamento.


Quais os riscos de uma Sinusectomia? Entenda os possíveis efeitos colaterais e complicações

Infecção

Uma das principais preocupações após qualquer cirurgia é o risco de infecção. Para reduzir esse risco, os médicos prescrevem antibióticos e orientam os pacientes a manter a área limpa e seca.


Sangramento

O sangramento é uma complicação comum após a sinusectomia, especialmente nas primeiras 24 horas. Geralmente, o sangramento é leve e pode ser controlado com compressas frias e repouso.


Lesão nos olhos ou nervos

A sinusectomia é realizada próximo aos olhos e nervos faciais, o que pode aumentar o risco de lesões nessas áreas. Embora raro, isso pode levar a problemas de visão, perda de sensibilidade ou movimento facial.


Perfuração do septo nasal

Em alguns casos, a cirurgia pode causar uma perfuração no septo nasal, que separa as narinas. Isso pode levar a problemas respiratórios e requer tratamento adicional.


Recorrência da condição

A sinusectomia nem sempre é uma solução permanente para os problemas nos seios paranasais. Em alguns casos, a condição pode retornar, exigindo tratamento adicional ou outra cirurgia.


Anestesia

Como em qualquer cirurgia, há riscos associados ao uso de anestesia, como reações alérgicas, problemas respiratórios e efeitos colaterais.


Conclusão

A sinusectomia é um procedimento eficaz para tratar problemas nos seios paranasais, mas, como qualquer cirurgia, apresenta riscos e possíveis complicações. É importante discutir esses riscos com seu médico antes de decidir se submeter ao procedimento e seguir todas as recomendações pós-operatórias para minimizar as chances de complicações.

 

Quem é a Dra. Danielly Andrade?


Dra. Danielly Andrade - Especialista em Cirurgia de Sinusite

Sou médica otorrinolaringologista em Belo Horizonte e Nova Lima, formada pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) em 2008, título de Especialista em Otorrinolaringologia pela ABORL / AMB.

Sou especialista em rinologia (funcional e estética), área da otorrinolaringologia que estuda e trata os distúrbios do nariz e dos seios da face, como obstrução nasal, desvio de septo, rinite, alergias, sinusite, alterações do olfato e sangramentos nasais.

​​​

​Atuo como médica do corpo clínico-cirúrgico nos hospitais Mater Dei, Socor e Orizonti. Sou preceptora do serviço de especialização em otorrinolaringologia do Hospital Socor atuando na área de Rinologia.


"Meu foco é te ajudar a respirar bem pelo nariz e melhorar sua auto-estima, qualidade de vida e de sono."

bottom of page