top of page

Quais os riscos da septoplastia? Entenda tudo sobre o procedimento

Início > Blog > Quais os riscos da septoplastia? Entenda tudo sobre o procedimento


A septoplastia é uma cirurgia realizada para corrigir deformidades no septo nasal, melhorando a respiração e a qualidade de vida do paciente. Como qualquer procedimento cirúrgico, a septoplastia apresenta alguns riscos, como infecção, sangramento, reação à anestesia, perfuração do septo nasal, alterações no olfato, dormência na área operada e insatisfação estética. No entanto, esses riscos são geralmente baixos e podem ser minimizados com a escolha de um cirurgião experiente e seguindo as orientações médicas no pré e pós-operatório.


Quais os riscos da septoplastia? Entenda tudo sobre o procedimento

Riscos da septoplastia:


  1. Sangramento: Um dos riscos mais comuns da septoplastia é o sangramento, que pode ocorrer durante ou após a cirurgia. Geralmente, o sangramento é controlado com o uso de tampões nasais e medicamentos hemostáticos. Em casos raros, pode ser necessário realizar uma transfusão de sangue.

  2. Infecção: A infecção é um risco presente em qualquer cirurgia. Para minimizar esse risco, é fundamental seguir as orientações médicas quanto à higiene e aos cuidados pós-operatórios. Caso ocorra uma infecção, o tratamento pode incluir o uso de antibióticos e, em casos mais graves, uma nova intervenção cirúrgica.

  3. Perfuração do septo nasal: A perfuração do septo nasal é uma complicação rara, mas pode ocorrer durante a septoplastia. Essa perfuração pode causar desconforto, sangramento e até mesmo alterações na voz. Dependendo do tamanho e da localização da perfuração, pode ser necessário realizar uma cirurgia reparadora.

  4. Alterações na aparência do nariz: Embora a septoplastia seja uma cirurgia funcional, ela pode causar alterações na aparência do nariz. Essas alterações podem incluir assimetria, deformidades e até mesmo a necessidade de uma rinoplastia para corrigir a estética nasal.

  5. Anestesia: A septoplastia é geralmente realizada sob anestesia geral ou local com sedação. Como em qualquer procedimento anestésico, há riscos associados, como reações alérgicas, problemas respiratórios e complicações cardíacas. É importante informar o médico sobre qualquer condição de saúde pré-existente e alergias antes da cirurgia.

  6. Insatisfação com os resultados: Em alguns casos, o paciente pode não ficar satisfeito com os resultados da septoplastia. Isso pode ocorrer devido a expectativas irreais ou complicações durante o procedimento. Uma conversa franca com o cirurgião antes da cirurgia pode ajudar a alinhar as expectativas e minimizar a insatisfação.


Conclusão

A septoplastia é uma cirurgia comum e, na maioria dos casos, apresenta resultados positivos. No entanto, é importante estar ciente dos riscos associados ao procedimento e discuti-los com o médico antes de tomar a decisão de se submeter à cirurgia. Seguir as orientações médicas e manter uma comunicação aberta com o cirurgião são fundamentais para minimizar os riscos e garantir uma recuperação bem-sucedida.

 

Quem é a Dra. Danielly Andrade?


Sou médica otorrinolaringologista em Belo Horizonte e Nova Lima, formada pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) em 2008, título de Especialista em Otorrinolaringologia pela ABORL / AMB.

Sou especialista em rinologia (funcional e estética), área da otorrinolaringologia que estuda e trata os distúrbios do nariz e dos seios da face, como obstrução nasal, desvio de septo, rinite, alergias, sinusite, alterações do olfato e sangramentos nasais.

​​​

​Atuo como médica do corpo clínico-cirúrgico nos hospitais Mater Dei, Socor e Orizonti. Sou preceptora do serviço de especialização em otorrinolaringologia do Hospital Socor atuando na área de Rinologia.


"Meu foco é te ajudar a respirar bem pelo nariz e melhorar sua auto-estima, qualidade de vida e de sono."

bottom of page