top of page

Cefaleia Rinogênica: Causas, Sintomas e Tratamento da Cefaleia Nasal

cefaleia rinogênica

O que é Cefaleia Rinogênica ou Cefaleia Nasal?


A cefaleia rinogênica, também conhecida como cefaleia nasal, é um tipo de dor de cabeça causada por problemas nas vias nasais ou seios paranasais. Ela se caracteriza por dor na região da face, ao redor dos olhos e na testa, e pode ser confundida com outros tipos de cefaleia, como sinusite ou enxaqueca.


Causas da Cefaleia Rinogênica


A cefaleia rinogênica pode ser causada por diversos fatores, como:


  • Desvio de septo: Desvio no septo nasal com ou sem esporão ósseo nasal, que pode causar atrito entre as mucosas e levar à dor.

  • Pólipos nasais: Crescimentos benignos nas mucosas nasais que podem obstruir os seios paranasais e causar dor.

  • Anormalidades nas conchas nasais: As conchas nasais, também chamados de cornetos nasais, são estruturas ósseas que ajudam a filtrar o ar. Anormalidades nessas estruturas podem causar obstrução nasal e dor.

  • Sinusite: Inflamação dos seios paranasais, que pode causar dor, congestão nasal e secreção nasal.

  • Outras doenças nasais: Outras doenças nasais, como rinite alérgica e rinite medicamentosa, também podem causar cefaleia rinogênica.


Sintomas da Cefaleia Rinogênica


Os principais sintomas da cefaleia rinogênica são:


  • Dor na face: A dor pode ser unilateral ou bilateral, e geralmente se localiza na região ao redor dos olhos e na testa.

  • Congestão nasal: A congestão nasal pode ser um sintoma frequente da cefaleia rinogênica, especialmente se a causa for desvio septal ou pólipos nasais.

  • Outros sintomas: Outros sintomas da cefaleia rinogênica podem incluir:

  • Rinorréia (coriza)

  • Sensação de pressão nos seios da face

  • Lacrimejamento

  • Fotofobia (sensibilidade à luz)

  • Fonofobia (sensibilidade ao som)


Diagnóstico da Cefaleia Rinogênica


O diagnóstico da cefaleia rinogênica pode ser feito por meio de:


  • Anamnese: O médico fará perguntas sobre o histórico médico do paciente, os sintomas da dor de cabeça e outros fatores que podem estar relacionados à doença.

  • Exame físico: O médico examinará o nariz e os seios paranasais do paciente para verificar se há sinais de desvio septal, pólipos nasais ou outras anormalidades.

  • Exames de imagem: Exames de imagem como tomografia computadorizada (TC) ou ressonância magnética (RM) podem ser solicitados para avaliar os seios paranasais e descartar outras causas de dor de cabeça.


Tratamento da Cefaleia Rinogênica


O tratamento da cefaleia rinogênica depende da causa da dor. Em alguns casos, o tratamento pode ser simples e envolver apenas o uso de medicamentos para aliviar os sintomas. Em outros casos, pode ser necessário realizar cirurgia para corrigir o problema nasal que está causando a dor.


  • Medicamentos: Medicamentos como analgésicos, descongestionantes e anti-inflamatórios podem ser usados para aliviar os sintomas da cefaleia rinogênica.

  • Corticosteroides: Corticosteroides nasais ou orais podem ser usados para reduzir a inflamação nas vias nasais e aliviar os sintomas da dor.

  • Cirurgia: A cirurgia pode ser necessária para corrigir problemas como desvio septal ou pólipos nasais.


Prevenção da Cefaleia Rinogênica


Não há uma maneira certa de prevenir a cefaleia rinogênica, mas algumas medidas podem ajudar a reduzir o risco de desenvolver a doença, como:


  • Manter as vias nasais limpas: Irrigar o nariz com solução salina pode ajudar a remover o muco e os alérgenos das vias nasais.

  • Evitar gatilhos: Evitar gatilhos como fumaça, poluição e produtos químicos irritantes pode ajudar a prevenir a congestão nasal e a dor.

  • Tratar alergias: Tratar alergias nasais pode ajudar a reduzir a inflamação nas vias nasais e prevenir a dor de cabeça.


Quando procurar um médico por causa de cefaleia rinogênica


É importante procurar um médico se você tiver dor de cabeça frequente ou severa, especialmente se a dor estiver acompanhada de outros sintomas

 

Dra. Danielly Andrade

Dra. Danielly Andrade, otorrinolaringologista especialista em cefaleia rinogênica na cidade de Belo Horizonte - MG

Médica otorrinolaringologista formada pela UFMG em 2008, título de Especialista em Otorrinolaringologia pela ABORL / AMB.

Especialista em rinologia funcional e estética, área da otorrinolaringologia que estuda e trata os distúrbios do nariz e dos seios da face, como obstrução nasal e desvio de septo e cirurgias funcionais e estéticas do nariz.

​​

Atendimentos e cirurgias em Belo Horizonte - MG.


Médica do corpo clínico-cirúrgico dos hospitais Mater Dei. Preceptora de residência médica em otorrinolaringologia atuando na área de Rinologia.

Comentarios


Los comentarios se han desactivado.
bottom of page