Rinoplastia aberta e Rinoplastia fechada: entenda as diferenças

Início > Blog > Rinoplastia aberta e Rinoplastia fechada: entenda as diferenças

Rinoplastia aberta e Rinoplastia fechada



Um dos dilemas mais confusos da rinoplastia é decidir qual técnica usar para obter os melhores resultados. É sempre bom que os pacientes estejam bem informados sobre as opções de procedimento para que possam tomar a decisão certa sobre sua saúde e aparência.


Existem duas abordagens diferentes para remodelar a ponta nasal: rinoplastia aberta e rinoplastia fechada. Cada técnica tem seu próprio conjunto de vantagens e desvantagens que o paciente pode discutir com a Dra. Danielly Solar Andrade antes de prosseguir com sua cirurgia de rinoplastia na cidade de belo Horizonte.



Como é feita a rinoplastia aberta?


A rinoplastia aberta, também conhecida como rinoplastia externa, é realizada através de uma pequena incisão na columela, o tecido mole que separa as narinas. Enquanto sob anestesia geral, esta técnica permite fácil acesso ao osso subjacente e à estrutura da cartilagem.


O principal benefício da técnica aberta é a precisão aprimorada para remodelar a estrutura do nariz para obter o contorno desejado. A técnica aberta é melhor usada quando se considera uma rinoplastia de revisão porque a estrutura original do nariz já foi alterada. A Dra. Danielly também pode usar a técnica aberta se o nariz do paciente estiver torto ou para obter uma redução acentuada na projeção da ponta nasal (a distância que a ponta se projeta do rosto). A abordagem de rinoplastia aberta permite uma visão mais clara das correções que precisam ser feitas, bem como clareza e facilidade para suturas e / ou enxertos intrincados. A cicatriz deixada para trás é pouco visível e geralmente desaparece com o tempo.


rinoplastia aberta
Rinoplastia Aberta


Como é feita a rinoplastia fechada?


A rinoplastia fechada, também conhecida como rinoplastia endonasal, é realizada fazendo todas as incisões necessárias completamente escondidas nas narinas. Sob anestesia geral, a Dra. Danielly realizará o procedimento por meio de aberturas cirúrgicas separadas nas narinas direita e esquerda. Sem incisões externas, a técnica fechada é menos invasiva e não cria nenhuma cicatriz visível. Para muitas das alterações feitas durante a rinoplastia, a falta da incisão columelar resulta em um pouco menos de inchaço durante a recuperação. Resultados iguais usando uma abordagem fechada do que uma abordagem aberta.



Rinoplastia Fechada
Rinoplastia Fechada


Rinoplastia aberta vs Rinoplastia fechada: Qual a melhor técnica de rinoplastia?


A diferença prática entre as duas técnicas é pequena, mas os resultados são importantes. Sem a incisão columelar, a técnica fechada permite uma operação mais rápida e menos inchaço durante o período de recuperação. Por outro lado, a rinoplastia aberta permite maior precisão para narizes difíceis e na alteração das estruturas nasais para casos mais complexos. Com muitos anos de experiência realizando dezenas de cirurgias de rinoplastia, fique tranquilo, a Dra. Daneilly é uma especialista na realização de qualquer uma das técnicas. Ele discutirá qual abordagem é melhor para você durante sua consulta.


Rinoplastia Redutora x Estruturada: Entenda as diferenças


A rinoplastia redutora é quando o cirurgião remove uma quantidade substancial de osso ou cartilagem do nariz para remodelá-lo. O tecido cicatricial que eventualmente se forma puxa o nariz para uma forma que é agradável para o paciente. O problema é que, eventualmente, após meses ou mesmo muitos anos, o tecido cicatricial não suporta mais o nariz como antes, e o nariz pode ficar deformado. Apesar disso, muitos médicos ainda realizam a rinoplastia redutora.


Para evitar as armadilhas da rinoplastia redutora, mais cirurgiões plásticos estão se voltando para a rinoplastia estruturada. As regras para este tipo de cirurgia são reter, reposicionar, remodelar e reforçar o nariz. A rinoplastia estruturada é mais desafiadora do que a rinoplastia redutora, mas preserva grande parte da cartilagem interna e do osso do nariz, ao mesmo tempo que a torna esteticamente agradável para o paciente. A rinoplastia estruturada também protege contra as consequências do envelhecimento, que tende a enfraquecer os ossos e a cartilagem.


Mais informações:


Confira alguns resultados de fotos de antes e depois de rinoplastia


A expertise correta em rinoplastia


Com uma plástica no nariz, não há uma abordagem única para todos. Cada paciente é único, portanto, um especialista otorrino deve escolher os melhores materiais, ferramentas e técnicas para a estrutura única do paciente. Este nível de especialização pode resultar em resultados previsíveis que combinam elementos funcionais e estéticos para realçar a beleza inata do indivíduo.


Correto treinamento em rinoplastia


A experiência, formação, treinamento e educação que os otorrinolaringologistas adquirem ao longo do tempo os tornam os profissionais médicos mais adequados para realizar cirurgias de nariz. Um otorrino possui uma compreensão profunda da estrutura nasal bem como aspectos funcionais do nariz, não se atendo unicamente aos aspectos estéticos. Um especialista em otorrinolaringologia pode usar o conhecimento desses fatores para criar a condição ideal para que o paciente tenha a melhor aparência aliada a uma melhor funcionalidade do nariz.


A Dra. Danielly Solar Andrade é médica otorrino em BH especializada em rinologia (nariz), se destacando nas cirurgias funcionais e estéticas do nariz como a rinoplastia.


 

Você tem vontade de mudar algum aspecto no nariz? Caso seja de Belo Horizonte - MG e região, ou tenha disponibilidade para visitar a região, agende uma consulta com a Dra. Danielly Solar Andrade e faça uma avaliação individualizada! Essa é a melhor maneira de esclarecer possíveis dúvidas!


Quem é a Dra. Danielly Andrade?


Sou médica otorrinolaringologista em Belo Horizonte e Nova Lima, formada pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) em 2008, título de Especialista em Otorrinolaringologia pela ABORL / AMB.

Sou especialista em rinologia (funcional e estética), área da otorrinolaringologia que estuda e trata os distúrbios do nariz e dos seios da face, como obstrução nasal, desvio de septo, rinite, alergias, sinusite, alterações do olfato e sangramentos nasais.

Desde então me especializei nas cirurgias funcionais e estéticas do nariz.

​​

​Atuo como médica do corpo clínico-cirúrgico nos hospitais Mater Dei, Socor e Orizonti. Sou preceptora do serviço de especialização em otorrinolaringologia do Hospital Socor atuando na área de Rinologia.


"Meu foco é te ajudar a respirar bem pelo nariz e melhorar sua auto-estima, qualidade de vida e de sono."