top of page

Riscos e Complicações da Cirurgia de Sinusite: O Que Você Precisa Saber

Início > Blog > Quais os riscos de uma Sinusectomia? Entenda os possíveis efeitos colaterais e complicações


A cirurgia de sinusite, um procedimento comum e eficaz, tem riscos mínimos como infecção, sangramento e reação à anestesia. Possíveis danos aos olhos, nervos e recorrência da sinusite são raros. Converse com seu médico sobre os riscos e esclareça dúvidas antes de decidir pelo procedimento, assegurando que seja a melhor opção de tratamento.

Riscos e Complicações da Cirurgia de Sinusite: O Que Você Precisa Saber


1. Sangramento:

O sangramento é um risco comum em qualquer cirurgia, e a cirurgia de sinusite não é exceção. Embora o sangramento geralmente seja leve e possa ser controlado com medidas simples, como compressas frias e repouso, em casos raros, pode ser necessário realizar uma intervenção adicional para controlar o sangramento.


2. Infecção:

A infecção é outra complicação possível após a cirurgia de sinusite. Para reduzir o risco de infecção, os médicos geralmente prescrevem antibióticos antes e após a cirurgia. Além disso, é importante seguir as instruções de cuidados pós-operatórios fornecidas pelo seu médico, como manter a área limpa e seca.


3. Lesão nos tecidos adjacentes:

Embora raro, há uma chance de lesão nos tecidos adjacentes durante a cirurgia de sinusite, como os olhos, nervos ou cérebro. Essas lesões podem causar problemas como visão dupla, perda de visão, alterações no olfato ou, em casos extremamente raros, meningite ou abscesso cerebral.


4. Perfuração do septo nasal:

A cirurgia de sinusite pode, em alguns casos, resultar em perfuração do septo nasal. Isso pode causar dificuldades respiratórias, sangramento nasal ou alterações na aparência do nariz. Se ocorrer uma perfuração, pode ser necessário realizar uma cirurgia adicional para reparar o septo.


5. Recorrência da sinusite:

Embora a cirurgia de sinusite seja geralmente eficaz no tratamento da sinusite crônica, há uma chance de a infecção retornar após a cirurgia. Isso pode ocorrer devido a fatores como alergias, pólipos nasais ou outras condições médicas subjacentes.


Conclusão:

A cirurgia de sinusite é um procedimento comum e geralmente seguro para tratar a sinusite crônica. No entanto, é importante estar ciente dos riscos e complicações potenciais associados a essa cirurgia. Ao discutir suas preocupações com seu médico e seguir as instruções de cuidados pós-operatórios, você pode minimizar esses riscos e garantir uma recuperação bem-sucedida.

 

Quem é a Dra. Danielly Andrade?


Dra. Danielly Andrade - Especialista em Cirurgia de Sinusite

Sou médica otorrinolaringologista em Belo Horizonte e Nova Lima, formada pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) em 2008, título de Especialista em Otorrinolaringologia pela ABORL / AMB.

Sou especialista em rinologia (funcional e estética), área da otorrinolaringologia que estuda e trata os distúrbios do nariz e dos seios da face, como obstrução nasal, desvio de septo, rinite, alergias, sinusite, alterações do olfato e sangramentos nasais.

​​​

​Atuo como médica do corpo clínico-cirúrgico nos hospitais Mater Dei, Socor e Orizonti. Sou preceptora do serviço de especialização em otorrinolaringologia do Hospital Socor atuando na área de Rinologia.


"Meu foco é te ajudar a respirar bem pelo nariz e melhorar sua auto-estima, qualidade de vida e de sono."

Comments


bottom of page