• dradaniellyandrade

Roncos e apneia do sono: Tudo que você precisa saber

Atualizado: 19 de nov. de 2021

Início > Blog > Roncos e apneia do sono: Tudo que você precisa saber


O ronco pode ser considerado normal, conforme a posição em que a pessoa dorme mas quando ocorrem com frequência e recorrência alta e associados ao cansaço diurno ou dificuldade de concentração em atividades diárias pode ser considerado como patológico.


O ruído é provocado por estreitamento ou obstrução nas vias respiratórias superiores durante o sono, o que dificulta a passagem do ar e provoca a vibração dessas estruturas. Se tal obstrução ocasionar paradas respiratórias durante o sono ( 10 segundos em adultos ou de 02-03 segundos em crianças) será caracterizada como síndrome da apneia obstrutiva do sono (SAOS).


É muito importante realizar uma avaliação otorrinolaringológica pois patologias como o desvio do septo nasal, disfunções da área de válvula nasal (narinas), alterações obstrutivas da adenoide e/ou amígdalas, disfunções do palato (céu da boca) podem causar estreitamento ou obstrução das vias aéreas superiores e serem causas solucionáveis para tais patologias. Todavia lembramos que tanto o ronco como a SAOS têm muitas vezes origem multifatorial . São causas frequentes: ganho de peso, sedentarismo , alterações de oclusão dentária, alterações de face (como por exemplo retrognatia ou prognatia), cansaço, stress entre outros fatores.


Caso seja de Belo Horizonte - MG e região, ou tenha disponibilidade para visitar a região, agende uma consulta com a Dra. Danielly Solar Andrade e faça uma avaliação individualizada! Essa é a melhor maneira de esclarecer possíveis dúvidas! Agende sua consulta

➡️Rua Gonçalves Dias 82, 4.º andar. Funcionários. Belo Horizonte/MG Tel.: (31) 2516 – 2814 ➡️Alameda Oscar Niemeyer 420, sala 409. Vila da Serra. Nova Lima/MG Tel.: (31) 3516 – 4528 Contato pelo WhatsApp: (31) 99562 – 2963 Para saber mais sobre esse tipo de procedimento, siga minhas redes sociais. Estou no Facebook e no Instagram!

30 visualizações0 comentário