• dradaniellyandrade

Sinusite Alérgica: Causas, Sintomas, diagnóstico e tratamento

Início > Blog > Sinusite Alérgica: Causas, Sintomas, diagnóstico e tratamento


sinusite alérgica


A sinusite alérgica, é uma reação à exposição a alérgenos inalantes como poeira, pólen, fumaça e pelos de animais. Embora as pessoas não nasçam com alergias, elas desenvolvem sintomas quando são expostas repetidamente ao alérgeno. A sinusite pode ser aguda, durando menos de quatro semanas, ou crônica, durando mais de oito semanas.


Como saber se minha sinusite é alérgica?


A sinusite alérgica às vezes é confundida com a sinusite não alérgica porque os sintomas são semelhantes. A principal diferença é que a sinusite não alérgica geralmente não causa coceira no nariz, olhos ou garganta. Os sintomas da sinusite alérgica geralmente variam com a estação e podem incluir:

  • Congestão nasal (espirros, coriza) e gotejamento pós-nasal que persiste por mais de duas semanas

  • Olhos, nariz e garganta com coceira.

  • Dor de cabeça, dor, sensibilidade, inchaço e pressão ao redor da testa, bochechas, nariz e entre os olhos.

  • Mudanças comportamentais, incluindo irritabilidade, incapacidade de se concentrar, fadiga.

  • Problemas de sono, como insônia ou sonambulismo.

  • Sentido de olfato e paladar reduzidos.


Diagnóstico da sinusite alérgica

  • Levantar histórico médico detalhada e fazer um exame físico.

  • Realização dos testes cutâneos de alergia podem identificar o alérgeno que está causando o surto nasal.

  • Endoscopia nasal — um tubo flexível é inserido nas passagens nasais e a luz de fibra óptica permite que o médico veja as menores anormalidades nos seios da face.

  • Tomografia computadorizada (TC) — uma TC dos seios da face pode ajudar seu médico a avaliar qualquer lesão, infecção ou outras anormalidades.

Mais informações sobre diagnóstico de alergias:


O que é bom para sinusite alérgica?


Para alergias sazonais leves e alergias a pelos de animais, evitar é o curso de ação mais eficaz. Infelizmente, nem todos os alérgenos podem ser evitados e a exposição durante todo o ano a certos gatilhos pode ser inevitável.

  • Lavagem nasal com soro fisiológico

  • Descongestionantes (produtos sem receita estão disponíveis) podem fornecer algum alívio.

  • Sprays nasais de corticosteroides podem reduzir a inflamação.

  • A dessensibilização através de injeções de alergia (exposição ao alérgeno).

  • Analgésicos de venda livre podem fornecer alívio.

  • Para infecções bacterianas graves, podem ser necessários antibióticos.

Quando o tratamento clínico é insuficiente e os sintomas da sinusite alérgica interferem na qualidade de vida, a cirurgia provavelmente será indicada.


Saiba mais sobre o tratamento das rinites alérgicas:

Cirurgia para sinusite


Quando os tratamentos ou medicamentos não são eficazes, a cirurgia endoscópica dos seios da face pode ser uma opção. Um tubo flexível é inserido nas passagens nasais e a luz de fibra óptica permite que o médico veja as menores anormalidades nos seios da face e o tecido ou pólipos com problemas que podem estar causando o bloqueio nasal podem ser removidos.


Mais informações sobre a sinusectomia (cirurgia para sinusite):

O que pode acontecer se não tratar a sinusite?


A infecção que se espalha para os olhos é a complicação mais comum. Isso pode causar vermelhidão, inchaço e até cegueira em um estado grave denominado trombose do seio cavernoso. As infecções nos seios da face também podem se espalhar para a parte posterior da cabeça, causando doenças potencialmente fatais, como abscesso cerebral.


Caso seja de Belo Horizonte - MG e região, ou tenha disponibilidade para visitar a região, agende uma consulta com a Dra. Danielly Solar Andrade e faça uma avaliação individualizada! Essa é a melhor maneira de esclarecer possíveis dúvidas!


Agende sua consulta


➡️Rua Gonçalves Dias 82, 4.º andar. Funcionários. Belo Horizonte/MG

Tel.: (31) 2516 – 2814 ➡️Alameda Oscar Niemeyer 420, sala 409. Vila da Serra. Nova Lima/MG

Tel.: (31) 3516 – 4528


Contato pelo WhatsApp: (31) 99562 – 2963


Para saber mais sobre sinusite, siga minhas redes sociais. Estou no Facebook e no Instagram!


7 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo