top of page

Sinusite Subaguda: Causas, Sintomas, Diagnóstico e Tratamento

Início > Blog > Sinusite Subaguda: Causas, Sintomas, Diagnóstico e Tratamento


Sinusite Subaguda: Causas, Sintomas, Diagnóstico e Tratamento

A sinusite subaguda é uma inflamação dos seios paranasais que pode ser causada por uma infecção viral ou bacteriana, alergias, irritantes nasais, desvio de septo ou pólipos nasais. Os sintomas mais comuns incluem congestão nasal, dor facial ou pressão, dor de cabeça, secreção nasal, tosse, fadiga e mau hálito. O diagnóstico é baseado na presença de sintomas persistentes por mais de 4 semanas, além de achados na endoscopia nasal e na tomografia computadorizada dos seios paranasais. O tratamento inclui antibióticos em casos de infecção bacteriana comprovada, descongestionantes e corticosteroides nasais. Em casos mais graves, pode ser necessária a drenagem dos seios paranasais.


Causas da sinusite subaguda:

A sinusite subaguda é geralmente causada por uma infecção viral ou bacteriana, mas também pode ser desencadeada por alergias, irritantes nasais, desvio de septo e pólipos nasais. As infecções virais são as causas mais comuns, mas as bactérias podem ser um fator contribuinte em até 10% dos casos. As bactérias mais comuns envolvidas incluem Streptococcus pneumoniae, Haemophilus influenzae e Moraxella catarrhalis. Alergias e irritantes nasais, como a exposição a produtos químicos, fumaça e poeira, podem irritar as membranas mucosas e aumentar a probabilidade de infecção.


Sintomas da sinusite subaguda:

Os sintomas mais comuns da sinusite subaguda incluem congestão nasal, dor facial ou pressão, dor de cabeça, secreção nasal, tosse, fadiga e mau hálito. A secreção nasal pode ser clara, espessa ou amarelada e pode escorrer pela parte de trás da garganta. A dor facial ou pressão é comum, especialmente sobre as maçãs do rosto, testa e nariz. A tosse pode ocorrer devido à drenagem de secreção para a garganta.


Diferenças para a sinusite aguda:

A principal diferença entre a sinusite subaguda e a aguda é a duração dos sintomas. A sinusite aguda é caracterizada por sintomas que duram até 4 semanas, enquanto a sinusite subaguda é caracterizada por sintomas persistentes por mais de 4 semanas. Os sintomas da sinusite subaguda também tendem a ser menos intensos do que os da sinusite aguda.


Diagnóstico da sinusite subaguda:

O diagnóstico da sinusite subaguda é baseado na presença de sintomas persistentes por mais de 4 semanas, além de achados na endoscopia nasal e na tomografia computadorizada dos seios paranasais. A endoscopia nasal permite visualizar o interior do nariz e dos seios paranasais, enquanto a tomografia computadorizada pode mostrar a presença de inflamação e acúmulo de secreção nos seios paranasais.

É importante notar que a sinusite subaguda é uma doença comum, mas que pode ser confundida com outras condições, como a rinite alérgica ou a asma. Portanto, o diagnóstico correto é essencial para o tratamento adequado e a melhora dos sintomas.


Tratamento da sinusite subaguda:

O tratamento da sinusite subaguda inclui antibióticos em casos de infecção bacteriana comprovada, descongestionantes e corticosteroides nasais. Os antibióticos são geralmente prescritos apenas se a infecção for causada por bactérias e os sintomas forem graves ou persistentes. Os descongestionantes ajudam a reduzir a congestão nasal, enquanto os corticosteroides nasais reduzem a inflamação e a produção de muco. Em casos mais graves, pode ser necessária a drenagem dos seios paranasais.

 

Quando devo procurar um otorrino devido aos sintomas de sinusite subaguda?


Você deve procurar um otorrinolaringologista se tiver sintomas persistentes de sinusite por mais de 10 dias ou se os sintomas piorarem, especialmente se houver febre alta, dificuldade para engolir ou respirar, tosse com expectoração ou sangue na saliva.

 

Quem é a Dra. Danielly Andrade?


Sou médica otorrinolaringologista em Belo Horizonte e Nova Lima, formada pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) em 2008, título de Especialista em Otorrinolaringologia pela ABORL / AMB.

Sou especialista em rinologia (funcional e estética), área da otorrinolaringologia que estuda e trata os distúrbios do nariz e dos seios da face, como obstrução nasal, desvio de septo, rinite, alergias, sinusite, alterações do olfato e sangramentos nasais.

​Atuo como médica do corpo clínico-cirúrgico nos hospitais Mater Dei, Socor e Orizonti. Sou preceptora do serviço de especialização em otorrinolaringologia do Hospital Socor atuando na área de Rinologia.


"Meu foco é te ajudar a respirar bem pelo nariz e melhorar sua auto-estima, qualidade de vida e de sono."

תגובות


bottom of page