• dradaniellyandrade

Ciclo nasal: por que as vezes respiramos só de um lado?

Atualizado: Nov 22

Início > Blog > Ciclo nasal: por que as vezes respiramos só de um lado?

ciclo nasal

É comum respirar e expirar somente por um lado do nariz?


O ciclo nasal é o entupimento parcial alternado, inconsciente e a descongestão das narinas. Isso resulta em maior fluxo de ar através de uma narina com alternância periódica entre as narinas. Por ser bem pouco perceptível, essa diferença não provoca incômodos nem falta de ar e não surge porque o nariz está entupido.


Ciclo nasal reduz passagem de ar pelas narinas


O ciclo nasal é a congestão e descongestão espontânea da mucosa nasal durante o dia, onde a congestão de um lado é acompanhada de descongestão recíproca do lado contralateral. Isso geralmente ocorre a cada 4-8 horas. O nariz entope de um lado, desentope, e depois entope o outro lado. Em pacientes sem congestão nasal, isso geralmente passa despercebido. No entanto, em pacientes que sofrem de alergias nasais, obstrução nasal por desvio de septo ou sinusite crônica, o ciclo nasal comumente é sintomático. Embora não haja tratamento para interromper o ciclo nasal em si, a Dra. Danielly Solar Andrade trata as condições nasais e sinusais subjacentes que tornam o ciclo nasal sintomático.


Infecções e alergias podem provocar respiração por só uma narina


Além deste mecanismo fisiológico, rinite alérgica, corpos estranhos, tumores e alterações anatômicas como desvio de septo também podem provocar a sensação de nariz entupido em uma ou nas duas narinas etupidas. Caso esta obstrução seja persistente, é indispensável a avaliação do otorrinolaringologista para identificar a natureza do problema e tratá-lo adequadamente.



Porque suas narinas dividem sua carga de trabalho?


Ao longo do dia, cada um deles faz pausas em um processo alternado de congestão e descongestão denominado ciclo nasal. Em um determinado momento, se você está respirando pelo nariz, a maior parte do ar está entrando e saindo de uma narina, com uma quantidade muito menor passando pela outra. A cada poucas horas, seu sistema nervoso autônomo, que cuida de sua frequência cardíaca, digestão e outras coisas que você não controla conscientemente, muda as coisas e sua outra narina faz todo o trabalho pesado por um tempo. A abertura e o fechamento das duas passagens são feitos pelo inchaço e esvaziamento do tecido erétil — a mesma coisa que ocorre quando seus órgãos reprodutivos estão excitados — no nariz.


O ciclo nasal está acontecendo o tempo todo, mas quando você está doente e realmente congestionado, o muco extra frequentemente faz com que a narina que está quebrando pareça muito mais entupida.


Existem pelo menos duas boas razões para a ocorrência de ciclos nasais.


Um, torna nosso olfato mais completo. Diferentes moléculas de cheiro se degradam em taxas diferentes, e nossos receptores de cheiro as captam de acordo. Alguns cheiros são mais fáceis de detectar e processar em uma corrente de ar em movimento rápido como a narina descongestionada, enquanto outros são melhor detectados na corrente de ar mais lenta da narina congestionada. A ciclagem nasal também parece manter o nariz mantido para sua função de filtro de ar e umidificador. A congestão alternada dá ao muco e aos cílios (os minúsculos pêlos no nariz) em cada narina uma merecida pausa do ataque de ar e evita que o interior de suas narinas resseque, rache e sangre.


Outro mistério melancólico: porque meu nariz escorre quando eu choro?


Quando você chora, a maior parte das lágrimas escorrem pela pálpebra inferior e escorrem pelo rosto. Alguns deles, porém, não chegam a subir a colina e, em vez disso, voltam para os dutos lacrimais e para a cavidade nasal, que está conectada aos dutos. Se você estiver realmente chorando, terá algumas lágrimas escorrendo pelo nariz, e sua salinidade também ajuda a liberar o muco e fazê-lo fluir, deixando o nariz escorrendo.

16 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo