top of page

Sem fôlego: como o desvio de septo pode afetar sua respiração e causar cansaço

desvio de septo sintomas de cansaço

Sintomas de cansaço devido ao desvio de septo é uma queixa comum no consultório.


Os sintomas de cansaço por causa do desvio de septo podem incluir falta de ar, dificuldade para dormir, ronco, boca seca ao acordar, dor de cabeça e sensação de fadiga ao acordar. O desvio de septo é uma condição em que o osso e/ou a cartilagem que dividem as duas narinas não está centralizado, o que pode dificultar a respiração.


O desvio de septo é uma condição na qual o osso ou a cartilagem que separa as narinas é deslocado para um lado. Isso pode restringir ou bloquear o fluxo de ar através do nariz, resultando em dificuldade para respirar. Quando a respiração é comprometida, o corpo tem que trabalhar mais para obter o oxigênio necessário para o funcionamento adequado dos músculos e órgãos.


Mecanismos pelos quais um desvio de septo afeta a qualidade de sono, cansaço e falta de ar


O mecanismo pelo qual um desvio de septo afeta a qualidade do sono é multifatorial e envolve mudanças anatômicas e fisiológicas durante o sono:


  1. Um desvio de septo causa uma obstrução anatômica nas passagens nasais, levando ao aumento da resistência nasal e à redução do fluxo de ar.

  2. Durante o sono, há uma diminuição natural na ventilação mínima e um aumento na resistência das vias aéreas superiores. Na presença de um desvio de septo, esse estreitamento fisiológico é exacerbado, prejudicando ainda mais o fluxo de ar nasal.

  3. O fluxo de ar prejudicado pelo nariz requer respiração bucal, o que é menos eficiente e pode levar a uma boca e garganta secas, contribuindo para a interrupção do sono.

  4. A presença de obstrução nasal, como de um septo desviado, tem sido implicada na patogênese da respiração com problemas do sono, incluindo a apneia obstrutiva do sono (OSA), por muitos autores.

  5. A respiração com distúrbios do sono pode levar a hipóxia intermitente e sono fragmentado, que estão associados a sonolência diurna excessiva e disfunção cognitiva.

  6. O aumento do esforço para respirar contra as passagens nasais obstruídas pode levar a excitações do sono, contribuindo ainda mais para o sono não restaurador e a fadiga diurna.


Esses fatores combinados podem prejudicar significativamente a qualidade do sono em pacientes com um desvio de septo, levando a uma variedade de sintomas, desde o cansaço diurno até consequências mais graves, como a Apneia obstrutiva do sono

Correlação entre a gravidade do desvio do septo e o grau de interrupção do sono


A correlação entre a gravidade do desvio do septo e o grau de interrupção do sono é sugerida pelo aumento da taxa de risco para diagnósticos de apneia obstrutiva do sono em pacientes com desvio do septo.


O estudo de 2021 descobriu que a prevalência de apneia obstrutiva do sono foi 4,39 vezes maior no grupo com desvio de septo em comparação com o grupo controle. Isso indica que pacientes com desvios de septo mais graves tem um risco maior de desenvolver perturbações respiratórias do sono, o que pode interromper a qualidade do sono.

Além disso, o estudo relatou que o fenômeno foi mais pronunciado com o aumento do índice de massa corporal e diminuiu significativamente após a septoplastia, sugerindo que a correção do desvio do septo pode levar a melhorias na respiração perturbada do sono e potencialmente na qualidade do sono.


Isso pode levar a uma sensação de cansaço constante, já que o corpo precisa de mais energia para realizar as atividades diárias. Além disso, a falta de oxigênio também pode afetar negativamente a capacidade de realizar atividades físicas, fazendo com que você se sinta mais cansado rapidamente e tenha menos resistência.


Portanto, além de afetar o desempenho esportivo e o nível de cansaço, o desvio de septo também pode prejudicar a qualidade do sono e resultar em problemas de saúde relacionados ao sono.


 

Dra. Danielly Andrade




Opmerkingen


bottom of page