top of page

Quais são os sintomas do desvio de septo?

Início > Blog > Quais são os sintomas do desvio de septo?

Desvio de septo

O desvio de septo nasal é uma condição bastante comum que afeta muitas pessoas. Ela ocorre quando o septo nasal, que separa as narinas, está torto ou desalinhado. Isso pode causar uma série de sintomas desagradáveis.


Neste artigo completo, vamos explorar em detalhes os sintomas mais comuns do desvio de septo para que você possa identificar se tem essa condição. Vamos cobrir:

Além de entender completamente os sintomas do desvio de septo, você também verá imagens ilustrativas e algumas estatísticas interessantes ao longo do artigo.


O que é desvio de septo nasal?

O septo nasal é uma fina parede de tecido ósseo e cartilagem que separa as duas narinas (ou cavidades nasais). Em condições normais, o septo deve estar alinhado no centro para permitir a passagem de ar pelas duas narinas.

No entanto, em algumas pessoas o septo pode se desviar para um dos lados, ficando torto. Isso ocorre quando o septo se curva ou se desloca da posição central, bloqueando parcialmente uma das narinas.


As principais causas do desvio de septo são:

  • Trauma nasal - pancadas no nariz durante a infância ou acidentes podem deslocar o septo

  • Anormalidades congênitas - algumas pessoas nascem com o septo torto

  • Crescimento ósseo irregular durante a puberdade

Esse estreitamento de uma das narinas pelo septo desviado resulta em uma série de sintomas desconfortáveis, que veremos a seguir.


Sintomas principais do desvio de septo

A maioria das pessoas com desvio de septo apresentam os seguintes sintomas principais:


Obstrução nasal

Esse é o sintoma mais comum. Como o septo bloqueia parcialmente uma das narinas, há dificuldade para respirar pelo lado obstruído.


A obstrução nasal geralmente ocorre apenas de um lado, podendo alternar entre narinas. Algumas pessoas relatam sentir como se estivessem respirando por uma "narina só".


A obstrução nasal pode ser constante ou piorar em determinadas posições da cabeça. Muitas pessoas dizem que a narina bloqueada melhora ao deitar no lado oposto durante o sono.


Respiração bucal

Para compensar a obstrução nasal, muitos indivíduos com desvio de septo adotam a respiração bucal crônica.


Como é difícil respirar adequadamente pelo nariz, a boca é usada para completar a respiração. Isso causa ressecamento da boca e garganta.


Ronco e apneia do sono

A obstrução nasal predispõe ao ronco e à apneia obstrutiva do sono, que fazem com que a pessoa pare de respirar durante o sono, prejudicando a qualidade do descanso.


Isso ocorre porque com as narinas bloqueadas, é preciso fazer mais força para puxar o ar, fazendo com que o tecido mole da garganta vibre e produza ronco.


Cerca de 75% das pessoas com desvio de septo apresentam ronco, e aproximadamente 20% têm apneia do sono.


Dor facial

Alguns indivíduos com desvio de septo sentem dor na face, principalmente na área do nariz, seios da face e testa.


Isso pode ocorrer devido à constante irritação dentro do nariz ou pela compressão de estruturas por causa da obstrução nasal. As cefaleias na região frontal são comuns.


Cefaleia

Não é incomum que pessoas com obstrução nasal crônica desenvolvam dores de cabeça frequentes, como a enxaqueca.


As cefaleias geralmente estão localizadas na testa, região dos seios nasais ou atrás dos olhos. Elas tendem a piorar ao acordar pela manhã.


Infecções sinusais

O bloqueio nasal favorece infecções bacterianas e virais nos seios da face, levando à sinusite. Os sintomas típicos são dor e pressão facial, secreção nasal espessa e febre.


As infecções tendem a ser mais frequentes no lado onde a narina está obstruída, já que a drenagem dos seios da face é prejudicada.


Outros sintomas possíveis

Algumas pessoas com desvio de septo também relatam outros sintomas, como:

  • Sangramento nasal, especialmente do lado obstruído

  • Ruídos respiratórios como silvos e respiração ruidosa

  • Alteração do olfato, com piora do sentido do paladar

  • Halitose (mau hálito)

  • Sensação de ouvido tampado e diminuição da audição

  • Tosse seca e pigarro frequente

  • Problemas para dormir além do ronco

  • Sonolência e fadiga diurna

  • Irritabilidade e alterações de humor

Quando procurar ajuda médica?

É recomendado buscar avaliação com um otorrinolaringologista se você tiver qualquer um dos sintomas persistentes de desvio de septo, especialmente:

  • Obstrução nasal crônica afetando sua qualidade de vida

  • Respiração bucal durante o dia ou sono

  • Ronco alto e apneia observada por pessoa que divide o quarto

  • Dor ou pressão facial recorrente

  • Cefaleias frequentes, mesmo após o uso de analgésicos

  • Episódios repetidos de sinusite aguda

O médico irá examinar o interior do seu nariz para verificar a presença e extensão do desvio de septo. Ele também pode solicitar exames como a tomografia computadorizada dos seios da face.

O ideal é tratar a condição para evitar complicações futuras e melhorar sua qualidade de vida.


Opções de tratamento para o desvio de septo

  • Medicamentos: Como anti-histamínicos, descongestionantes e corticoides nasais para aliviar os sintomas. Porém, não corrigem o problema.

  • Septoplastia: Cirurgia para corrigir o desvio de septo, realinhado o osso e cartilagem. Tem taxa de sucesso de aproximadamente 85%.

  • Rinoplastia: Procedimento estético que corrige também o desvio de septo ao remodelar o formato do nariz.

O otorrinolaringologista irá avaliar o caso para determinar qual a melhor opção de tratamento para você.


Dicas para aliviar os sintomas do desvio de septo

Enquanto avalia as opções de tratamento, alguns cuidados podem ajudar a aliviar os sintomas:

  • Fazer lavagem nasal com soro fisiológico para limpar as narinas

  • Usar um umidificador no quarto para evitar o ressecamento das vias aéreas

  • Evitar medicamentos que secam a mucosa nasal, como descongestionantes vasoconstritores

  • Dormir com a cabeça elevada ajuda a favorecer a drenagem e respiração

  • Beber bastante água para afinar secreções e facilitar a eliminação

  • Chás calmantes como de camomila podem aliviar dores de cabeça

  • Realizar exercícios aeróbicos para melhorar a respiração pelo nariz

Consultar um médico para avaliar tratamentos definitivos como septoplastia e rinoplastia ainda é fundamental para corrigir o problema. Mas essas dicas já ajudam bastante no alívio temporário dos incômodos sintomas de desvio de septo nasal.


Resumo dos principais pontos

  • Desvio de septo ocorre quando o septo nasal está torto, bloqueando uma narina

  • Sintomas comuns são obstrução nasal, respiração bucal, ronco e apneia, dor facial, cefaleia e sinusites

  • Também pode causar sangramento, ruídos respiratórios, alteração do olfato e outros

  • Procure um otorrinolaringologista se os sintomas afetarem sua qualidade de vida

  • Septoplastia e rinoplastia podem corrigir o problema

  • Lavar o nariz, umidificar ambientes e outras dicas ajudam temporariamente

Espero que este guia completo tenha elucidado suas dúvidas sobre os sintomas de desvio de septo nasal. Se apresentar qualquer um deles, não hesite em procurar um especialista para avaliação e tratamento adequado. Uma boa respiração é fundamental para a saúde!

 

Quem é a Dra. Danielly Andrade?


Sou médica otorrinolaringologista em Belo Horizonte e Nova Lima, formada pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) em 2008, título de Especialista em Otorrinolaringologia pela ABORL / AMB.

Sou especialista em rinologia (funcional e estética), área da otorrinolaringologia que estuda e trata os distúrbios do nariz e dos seios da face, como obstrução nasal, desvio de septo, rinite, alergias, sinusite, alterações do olfato e sangramentos nasais.

​Atuo como médica do corpo clínico-cirúrgico nos hospitais Mater Dei, Socor e Orizonti. Sou preceptora do serviço de especialização em otorrinolaringologia do Hospital Socor atuando na área de Rinologia.


"Meu foco é te ajudar a respirar bem pelo nariz e melhorar sua auto-estima, qualidade de vida e de sono."

Commenti


bottom of page