top of page

Sangramento nasal: causas, sintomas e tratamentos

Início > Blog > Sangramento nasal: causas, sintomas e tratamentos


Sangramento nasal, ou epistaxe, é um sintoma comum que pode ser causado por diversas condições, incluindo traumatismo nasal, infecções, hipertensão arterial, desvio de septo, uso de anticoagulantes, tumor nasal e doenças hematológicas. O tratamento depende da causa e da gravidade do sangramento e pode incluir medidas simples em casa, como pressionar o nariz, bem como procedimentos mais complexos, como cauterização e embolização. A relação entre a hipertensão arterial e o sangramento nasal não é clara e mais pesquisas são necessárias para entender melhor as causas e tratamentos do sangramento nasal.



Causas de sangramento nasal

O sangramento nasal pode ser causado por diversos fatores, incluindo traumatismo nasal, infecções, hipertensão arterial, desvio de septo, uso de anticoagulantes, tumor nasal e doenças hematológicas. Um estudo publicado em 2018 por Sultana e colegas, em Dhaka, Bangladesh, avaliou as causas do sangramento nasal em pacientes atendidos em um hospital terciário e identificou infecções respiratórias como a causa mais comum (49,1%), seguida por traumatismo nasal (28,2%) e hipertensão arterial (9,6%).


Sangramento nasal noturno e durante o sono

O sangramento nasal noturno e durante o sono pode estar relacionado a diversas causas, incluindo hipertensão arterial, rinite alérgica, doenças do sono, como a apneia obstrutiva do sono, e também a um ambiente seco. Um estudo publicado em 2016 por Byun e colegas, na Coreia do Sul, investigou a relação entre o sangramento nasal noturno e a apneia obstrutiva do sono e concluiu que o sangramento nasal noturno era mais frequente em pacientes com apneia obstrutiva do sono do que em controles saudáveis.


Sangramento nasal após queda

O sangramento nasal após queda é comum e, na maioria dos casos, é autolimitado, mas deve ser avaliado por um profissional de saúde se o sangramento for intenso ou se houver outros sintomas. Em casos de fratura de ossos nasais, pode ser necessária uma avaliação mais aprofundada e tratamento cirúrgico. Um estudo publicado em 2015 por Wu e colegas, na China, avaliou os fatores de risco para sangramento nasal após trauma e identificou a presença de coagulopatias como um fator de risco significativo.


Desvio de septo e sangramento nasal

O desvio de septo pode ser uma causa de sangramento nasal, especialmente se houver trauma nasal prévio ou ressecção cirúrgica da mucosa nasal. Um estudo publicado em 2019 por Barzilai e colegas, em Israel, avaliou a relação entre o desvio de septo e o sangramento nasal em pacientes que foram submetidos à septoplastia e concluiu que a cirurgia pode reduzir significativamente a frequência de sangramento nasal.


Tratamento para sangramento nasal intenso

O tratamento para sangramento nasal intenso pode incluir medidas simples, como compressão digital ou uso de sprays nasais vasoconstritores, ou procedimentos mais complexos, como cauterização ou embolização. A escolha do tratamento depende da causa e da gravidade do sangramento. Um estudo publicado em 2018 por Cervin e colegas, na Suécia, avaliou a eficácia da embolização em pacientes com sangramento nasal grave e concluiu que a embolização é uma opção segura e eficaz em casos selecionados.


Pressão alta e sangramento nasa

Embora exista uma crença popular de que a hipertensão arterial pode causar sangramento nasal, a relação entre as duas condições não é clara. Um estudo publicado em 2019 por Cruz e colegas, no Brasil, avaliou a relação entre a hipertensão arterial e o sangramento nasal em pacientes atendidos em um hospital terciário e não encontrou evidências suficientes para suportar uma relação causal.


Medidas simples em casa para parar o sangramento nasal

Medidas simples em casa, como pressionar o nariz, aplicar gelo e manter a cabeça elevada, podem ajudar a controlar o sangramento nasal em casos leves. Um estudo publicado em 2015 por Kar and colegas, na Índia, avaliou a eficácia da compressão digital na parada do sangramento nasal em pacientes atendidos em um pronto-socorro e concluiu que a compressão digital é eficaz e segura em casos selecionados.


Relação entre desvio de septo e sangramento nasal

Há evidências de que o desvio de septo pode ser uma causa de sangramento nasal, especialmente se houver trauma nasal prévio ou ressecção cirúrgica da mucosa nasal. Um estudo publicado em 2014 por Kaya e colegas, na Turquia, avaliou a relação entre o desvio de septo e o sangramento nasal em pacientes submetidos à septoplastia e concluiu que a cirurgia pode reduzir significativamente a frequência de sangramento nasal em pacientes com desvio de septo.

Referências

 

Quem é a Dra. Danielly Andrade?


Sou médica otorrinolaringologista em Belo Horizonte e Nova Lima, formada pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) em 2008, título de Especialista em Otorrinolaringologia pela ABORL / AMB.

Sou especialista em rinologia (funcional e estética), área da otorrinolaringologia que estuda e trata os distúrbios do nariz e dos seios da face, como obstrução nasal, desvio de septo, rinite, alergias, sinusite, alterações do olfato e sangramentos nasais.

​​​

​Atuo como médica do corpo clínico-cirúrgico nos hospitais Mater Dei, Socor e Orizonti. Sou preceptora do serviço de especialização em otorrinolaringologia do Hospital Socor atuando na área de Rinologia.


"Meu foco é te ajudar a respirar bem pelo nariz e melhorar sua auto-estima, qualidade de vida e de sono."

Comments


bottom of page