top of page

O que acontece com uma pessoa que tem desvio de septo? Entenda os sintomas e tratamentos

Início > Blog > O que acontece com uma pessoa que tem desvio de septo? Entenda os sintomas e tratamentos


Quando uma pessoa tem desvio de septo, ela pode enfrentar problemas respiratórios, congestão nasal, infecções recorrentes no nariz e seios paranasais, e até mesmo dificuldades para dormir. Em casos leves, o tratamento pode incluir medicamentos para aliviar os sintomas, enquanto em casos mais graves, a cirurgia de correção do septo nasal, chamada septoplastia, pode ser necessária para realinhar o septo e melhorar a respiração.


O que é desvio de septo? O desvio de septo ocorre quando o septo nasal, a parede fina que divide as narinas, está desalinhado ou torto. Isso pode dificultar a passagem do ar, levando a problemas respiratórios e outros sintomas desconfortáveis. O desvio de septo pode ser congênito, ou seja, presente desde o nascimento, ou adquirido devido a lesões ou traumas no nariz.  Sintomas do desvio de septo: Quando uma pessoa tem desvio de septo, ela pode enfrentar uma série de sintomas, incluindo:  1. Dificuldade para respirar: A obstrução nasal causada pelo desvio de septo pode dificultar a respiração, especialmente durante atividades físicas ou ao dormir. 2. Congestão nasal: A obstrução do fluxo de ar pode levar a uma sensação constante de congestão nasal, muitas vezes afetando apenas um lado do nariz. 3. Infecções recorrentes: O desvio de septo pode aumentar o risco de infecções no nariz e seios paranasais, como sinusite e rinite. 4. Sangramento nasal: A irritação e o ressecamento causados pelo desvio de septo podem levar a episódios de sangramento nasal. 5. Ronco e apneia do sono: A dificuldade para respirar durante o sono pode resultar em ronco e, em casos mais graves, apneia do sono.  Tratamento para desvio de septo: O tratamento para o desvio de septo varia de acordo com a gravidade dos sintomas e o impacto na qualidade de vida do paciente. Algumas opções de tratamento incluem:  1. Medicamentos: Em casos leves, medicamentos como descongestionantes, corticosteroides nasais e anti-histamínicos podem ser prescritos para aliviar os sintomas. 2. Cirurgia: Em casos mais graves, a cirurgia de correção do septo nasal, chamada septoplastia, pode ser necessária. A septoplastia é um procedimento cirúrgico que visa realinhar o septo e melhorar a respiração. 3. Terapias complementares: Algumas pessoas podem se beneficiar de terapias complementares, como acupuntura ou fisioterapia, para ajudar a aliviar os sintomas do desvio de septo.  Conclusão: O desvio de septo é uma condição que pode causar desconforto e impactar a qualidade de vida de uma pessoa. Entender os sintomas e as opções de tratamento disponíveis é fundamental para lidar com essa condição e garantir uma vida mais saudável e confortável. Se você acredita que pode ter desvio de septo, consulte um médico para obter uma avaliação adequada e discutir as opções de tratamento mais adequadas para você.

O que é desvio de septo?

O desvio de septo ocorre quando o septo nasal, a parede fina que divide as narinas, está desalinhado ou torto. Isso pode dificultar a passagem do ar, levando a problemas respiratórios e outros sintomas desconfortáveis. O desvio de septo pode ser congênito, ou seja, presente desde o nascimento, ou adquirido devido a lesões ou traumas no nariz.


Sintomas do desvio de septo:

Quando uma pessoa tem desvio de septo, ela pode enfrentar uma série de sintomas, incluindo:


  1. Dificuldade para respirar: A obstrução nasal causada pelo desvio de septo pode dificultar a respiração, especialmente durante atividades físicas ou ao dormir.

  2. Congestão nasal: A obstrução do fluxo de ar pode levar a uma sensação constante de congestão nasal, muitas vezes afetando apenas um lado do nariz.

  3. Infecções recorrentes: O desvio de septo pode aumentar o risco de infecções no nariz e seios paranasais, como sinusite e rinite.

  4. Sangramento nasal: A irritação e o ressecamento causados pelo desvio de septo podem levar a episódios de sangramento nasal.

  5. Ronco e apneia do sono: A dificuldade para respirar durante o sono pode resultar em ronco e, em casos mais graves, apneia do sono.


Tratamento para desvio de septo:

O tratamento para o desvio de septo varia de acordo com a gravidade dos sintomas e o impacto na qualidade de vida do paciente. Algumas opções de tratamento incluem:


  • Medicamentos: Em casos leves, medicamentos como descongestionantes, corticosteroides nasais e anti-histamínicos podem ser prescritos para aliviar os sintomas.

  • Cirurgia: Em casos mais graves, a cirurgia de correção do septo nasal, chamada septoplastia, pode ser necessária. A septoplastia é um procedimento cirúrgico que visa realinhar o septo e melhorar a respiração.


Conclusão:

O desvio de septo é uma condição que pode causar desconforto e impactar a qualidade de vida de uma pessoa. Entender os sintomas e as opções de tratamento disponíveis é fundamental para lidar com essa condição e garantir uma vida mais saudável e confortável. Se você acredita que pode ter desvio de septo, consulte um médico para obter uma avaliação adequada e discutir as opções de tratamento mais adequadas para você.

 

Quem é a Dra. Danielly Andrade?


Sou médica otorrinolaringologista em Belo Horizonte e Nova Lima, formada pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) em 2008, título de Especialista em Otorrinolaringologia pela ABORL / AMB.

Sou especialista em rinologia (funcional e estética), área da otorrinolaringologia que estuda e trata os distúrbios do nariz e dos seios da face, como obstrução nasal, desvio de septo, rinite, alergias, sinusite, alterações do olfato e sangramentos nasais.

​​​

​Atuo como médica do corpo clínico-cirúrgico nos hospitais Mater Dei, Socor e Orizonti. Sou preceptora do serviço de especialização em otorrinolaringologia do Hospital Socor atuando na área de Rinologia.


"Meu foco é te ajudar a respirar bem pelo nariz e melhorar sua auto-estima, qualidade de vida e de sono."

コメント


bottom of page