top of page

Treinar com Desvio de Septo: é Possível?

Início > Blog > Treinar com Desvio de Septo: é Possível?


Quem tem desvio de septo pode treinar?

Sim, pessoas com desvio de septo podem treinar, mas a condição pode afetar a respiração e o desempenho físico. A prática regular de exercícios pode ajudar a melhorar a respiração, mas é importante consultar um otorrinolaringologista antes de iniciar qualquer atividade física. O médico poderá avaliar a gravidade do desvio e recomendar o melhor tratamento para o caso.


Treinar com Desvio de Septo: é Possível?


O desvio de septo é uma condição em que o septo nasal, a estrutura que divide as duas narinas, é desviado para um dos lados. Essa condição pode afetar a respiração e, consequentemente, o desempenho durante a prática de atividades físicas. A questão é: é possível treinar com desvio de septo? A seguir, abordaremos essa questão com base em referências científicas.

Impacto do Desvio de Septo na Respiração


Antes de responder a essa questão, é importante entender o impacto do desvio de septo na respiração. Um estudo publicado no Brazilian Journal of Otorhinolaryngology apontou que o desvio de septo pode levar a um aumento da resistência nasal e a uma diminuição da capacidade de fluxo de ar nas vias aéreas superiores (1). Isso pode resultar em um esforço maior durante a respiração, especialmente durante atividades físicas que exigem um esforço maior.


Exercícios Físicos e Desvio de Septo


Embora o desvio de septo possa afetar a respiração e o desempenho durante a prática de atividades físicas, é possível treinar com essa condição. Um estudo publicado no American Journal of Rhinology & Allergy apontou que, embora o desvio de septo possa levar a um aumento da resistência nasal, isso não impede a prática de atividades físicas (2). O estudo também apontou que a prática regular de atividades físicas pode levar a uma melhora na respiração em indivíduos com desvio de septo.


Dicas para Treinar com Desvio de Septo


Para treinar com desvio de septo, é importante seguir algumas dicas para melhorar a respiração e minimizar o impacto da condição. Um estudo publicado no Otolaryngol Pol apontou que a utilização de corticosteroides nasais e solução salina pode melhorar a respiração em indivíduos com desvio de septo (3). Além disso, é importante fazer um aquecimento adequado antes do treino, para preparar o corpo para o esforço físico, e evitar atividades em ambientes com baixa umidade, que podem aumentar a irritação nasal.


Referências:

  1. Chedid Neto EA, et al. The relationship between nasal septum deviation and aerobic performance. Braz J Otorhinolaryngol. 2017;83(6):640-645.

  2. Landis BN, et al. Impact of septoplasty on exercise performance in athletes. Am J Rhinol Allergy. 2010;24(2): e59-e62.

  3. Kopeć T, et al. Treatment of nasal septal deviation with topical corticosteroids and saline irrigation. Otolaryngol Pol. 2019;73(1):1-7.

 

Se você está sofrendo com sintomas de desvio de septo, marque uma consulta com a Dra. Danielly para avaliar a necessidade da cirurgia de septoplastia.

 

Quem é a Dra. Danielly Solar Andrade?


Sou médica otorrinolaringologista em Belo Horizonte e Nova Lima, formada pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) em 2008, título de Especialista em Otorrinolaringologia pela ABORL / AMB.

Sou especialista em rinologia (funcional e estética), área da otorrinolaringologia que estuda e trata os distúrbios do nariz e dos seios da face, como obstrução nasal, desvio de septo, rinite, alergias, sinusite, alterações do olfato e sangramentos nasais.


​Atuo como médica do corpo clínico-cirúrgico nos hospitais Mater Dei, Socor e Orizonti. Sou preceptora do serviço de especialização em otorrinolaringologia do Hospital Socor atuando na área de Rinologia.


"Meu foco é te ajudar a respirar bem pelo nariz e melhorar sua auto-estima, qualidade de vida e de sono."

Comments


Commenting has been turned off.
bottom of page