top of page

Desvio de Septo e Rinoplastia: Entenda a Cobertura dos Planos de Saúde no Brasil

Início > Blog > Desvio de Septo e Rinoplastia: Entenda a Cobertura dos Planos de Saúde no Brasil




Se você está se perguntando se quem tem desvio de septo tem direito a rinoplastia pelo plano de saúde, este artigo é para você. Aqui, vamos esclarecer as diferenças entre a cirurgia de desvio de septo e a rinoplastia, bem como a cobertura dos planos de saúde no Brasil para esses procedimentos.


Desvio de Septo x Rinoplastia:


Antes de mais nada, é importante entender a diferença entre os dois procedimentos. O desvio de septo é uma condição em que a parede que separa as narinas, chamada septo nasal, está desalinhada, dificultando a respiração. A cirurgia para correção do desvio de septo é chamada de septoplastia e tem como objetivo melhorar a respiração e a qualidade de vida do paciente.


Já a rinoplastia é um procedimento cirúrgico estético que visa modificar a aparência do nariz, seja para corrigir imperfeições ou para harmonizar o rosto. Embora a rinoplastia possa ser realizada em conjunto com a septoplastia, é importante destacar que são procedimentos distintos.


Mas a septoplastia muda o formato externo do nariz?


A resposta curta é: não necessariamente. O objetivo principal da cirurgia de desvio de septo é corrigir o septo interno e melhorar a respiração. O formato externo do nariz geralmente não é alterado.


Pequenas mudanças no formato podem ocorrer como resultado indireto da cirurgia:


  • O nariz pode parecer ligeiramente mais fino ou afilado se houver redução significativa da obstrução nasal. Isso ocorre porque as narinas não estão mais dilatadas pela obstrução.

  • Pode haver suavização de gibosidades ou irregularidades externas leves se o septo torto estivesse causando essas deformidades.

  • Em casos raros, pode ser necessário um ajuste mínimo do osso ou cartilagem nasal para acessar e corrigir o septo. Isso pode levar a uma leve alteração na aparência.


No geral, porém, as mudanças no formato nasal após a septoplastia costumam ser mínimas. A menos que combine a cirurgia do septo com uma rinoplastia cosmética, o formato básico do seu nariz deve permanecer o mesmo. Os resultados mais notáveis serão a melhora da respiração e função nasal.


Cobertura dos Planos de Saúde:


No Brasil, a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) estabelece as diretrizes para a cobertura dos planos de saúde. De acordo com a ANS, a septoplastia é um procedimento obrigatório para os planos de saúde, uma vez que é considerada uma cirurgia reparadora e funcional.


Por outro lado, a rinoplastia é classificada como um procedimento estético e, portanto, não é coberta pelos planos de saúde. Isso significa que, se você deseja realizar uma rinoplastia para fins estéticos, provavelmente terá que arcar com os custos do procedimento.


No entanto, em alguns casos, a rinoplastia pode ser realizada em conjunto com a septoplastia para corrigir problemas funcionais e estéticos causados pelo desvio de septo. Nesses casos, o plano de saúde cobrirá o procedimento de correção do desvio de septo (septoplastia), mas não cobrirá as alterações estéticas no formato do nariz (rinoplastia).


Conclusão:


Em resumo, quem tem desvio de septo tem direito à septoplastia pelo plano de saúde, mas a rinoplastia, como procedimento estético, geralmente não é coberta. No entanto, em casos específicos, a rinoplastia pode ser realizada em conjunto com a septoplastia, mas as alterações estéticas no formato do nariz não serão cobertas pelo plano. É importante consultar seu médico e verificar as condições do seu plano de saúde para entender melhor a cobertura e as possibilidades de realização dos procedimentos.


A septoplastia só deve ser realizada para corrigir desvios do septo nasal, e resolver a obstrução nasal causada por ele que em muitos casos é obviamente insuficiente para restaurar a simetria da estrutura nasal. Portanto, a septoplastia sozinha sem a rinoplastia estética não é adequada se você está buscando alteração da aparência do seu nariz.


 

Quem é a Dra. Danielly Andrade?

Sou médica otorrinolaringologista em Belo Horizonte e Nova Lima, formada pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) em 2008, título de Especialista em Otorrinolaringologia pela ABORL / AMB.

Sou especialista em rinologia (funcional e estética), área da otorrinolaringologia que estuda e trata os distúrbios do nariz e dos seios da face, como obstrução nasal, desvio de septo, rinite, alergias, sinusite, alterações do olfato e sangramentos nasais.

Desde então me especializei nas cirurgias funcionais e estéticas do nariz.

​​

​Atuo como médica do corpo clínico-cirúrgico nos hospitais Mater Dei, Socor e Orizonti. Sou preceptora do serviço de especialização em otorrinolaringologia do Hospital Socor atuando na área de Rinologia.


"Meu foco é te ajudar a respirar bem pelo nariz e melhorar sua auto-estima, qualidade de vida e de sono."

 

Confira alguns depoimentos de pacientes que realizaram rinoplastia com a Dra. Danielly Andrade

Comments


bottom of page