Tontura causada pela sinusite

Início > Blog > Tontura causada pela sinusite

sinusite e tontura

Nem todos os indivíduos com infecções sinusais apresentam vertigem, entretanto, aqueles que o possuem ficam frequentemente surpresos com seus sintomas. Embora a vertigem da sinusite não seja fatal, sua presença pode e geralmente aponta para uma sinusite pior do que a média — que provavelmente exigirá um tratamento que vai além do que os medicamentos de venda livre na farmácia.

Saiba mais sobre o que causa a vertigem da sinusite, o que você pode fazer para evitar a vertigem da sinusite e os tratamentos para vertigem da sinusite disponíveis para você.


Para entender a "tontura da sinusite" é importante entender a diferença entre vertigem e tontura.


Vertigem e tontura são a mesma coisa?

Muitas pessoas descreverão as sensações de vertigem como tontura, porque ela se enquadra no guarda-chuva das sensações. No entanto, a vertigem é o único tipo de tontura que causa a sensação de rodopio. Especificamente, vertigem é a sensação de girar, quer o paciente sente que está girando ou que a sala está girando. A vertigem costuma ser acompanhada por outros sintomas, como náuseas, vômitos, perda de equilíbrio ou dificuldade para andar.


O que causa a tontura da sinusite?

A vertigem da sinusite é a tontura causada pelo acúmulo de muco na tuba auditiva. A tuba auditiva vai do ouvido interno até a garganta. Faz parte do sistema que ajuda a manter o seu equilíbrio. Quando seus seios da face estão inflamados durante uma infecção, seus seios não podem mais drenar adequadamente. Como resultado, o muco e o líquido se acumulam em muitas áreas do ouvido, nariz e garganta (incluindo a trompa de Eustáquio).

Embora alguns pacientes possam descrever a experiência de conviver com sinusite e vertigem como sendo tonturas ou sensação de que seu equilíbrio está desequilibrado por causa dos seios da face, é importante observar que vertigem é clinicamente diferenciada de tonturas e problemas de equilíbrio.

Como saber se a sua vertigem é grave?

A vertigem da sinusite geralmente aparece quando a infecção dos seios da face atingiu um estágio mais avançado e grave. Se você tiver uma infecção sinusal e começar a sentir vertigem, consulte um otorrinolaringologista. Você precisa de um tratamento específico.

Se você recebeu tratamento para sua infecção do seio nasal e ainda está lutando contra longas sessões de vertigem (além do zumbido nos ouvidos), há uma chance de que você possa ter a doença de Meniere. A doença de Meniere causa zumbido, vertigem, sensação de pressão no ouvido e perda auditiva. Conforme a condição progride, esses sintomas podem piorar. Por isso é importante consultar um otorrinolaringologista.

Como você trata a tontura e vertigem causada pela sinusite?

O que você faz quando experimenta todos os remédios caseiros e remédios OTC, mas sua sinusite não passa e você é forçado a lidar com sinusite e vertigem diariamente?

Visite seu otorrino. Se você tiver uma infecção bacteriana dos seios da face, seu otorrinolaringologista poderá prescrever um antibiótico. E se você tem sinusite crônica, eles podem ajudá-lo a encontrar uma solução de longo prazo para seus problemas de sinusite, como a sinusectomia.

 

Quem é a Dra. Danielly Andrade?


Sou médica otorrinolaringologista em Belo Horizonte e Nova Lima, formada pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) em 2008, título de Especialista em Otorrinolaringologia pela ABORL / AMB.

Sou especialista em rinologia (funcional e estética), área da otorrinolaringologia que estuda e trata os distúrbios do nariz e dos seios da face, como obstrução nasal, desvio de septo, rinite, alergias, sinusite, alterações do olfato e sangramentos nasais.


​Atuo como médica do corpo clínico-cirúrgico nos hospitais Mater Dei, Socor e Orizonti. Sou preceptora do serviço de especialização em otorrinolaringologia do Hospital Socor atuando na área de Rinologia.


"Meu foco é te ajudar a respirar bem pelo nariz e melhorar sua auto-estima, qualidade de vida e de sono."